Seja bem-vinda!

 

Olá Tamires

É um prazer estar com você em mais esta etapa do seu desenvolvimento da habilidade em comunicação humana.

Este espaço tem o objetivo de disponibilizar o material teórico da nossa mentoria e permitir que possamos interagir também no processo de Ensino A Distância (EAD), para que você possa potencializar o seu desenvolvimento.

Faça o download do Manual de Treinamento

Mentoria em Comunicação | Tamires Lima

Aula (Aspectos Psicológicos) | Falar em público X Carreira

Carreiras podem ir ao chão como folhas se a dificuldade de falar em público não for contornada

Atenção: ninguém está dizendo que você tem que adquirir o desembaraço, e mesmo a cara-de-pau, de um velho senador da República. Trata-se, basicamente, de ser capaz de expor com clareza as ideias numa sala de reuniões.

Se a resposta é sim, fique calmo. Você está na companhia de quase toda a humanidade. Nós temos conselhos práticos para você superar esse duro obstáculo ao sucesso e se juntar à minoria que brilha

Falar em público é uma das atribuições mais importantes de todo profissional. Calma. Não estamos colocando você com um microfone diante de 100 000 pessoas no Morumbi ou no Maracanã. Estamos falando de coisas menos espetaculares, como, por exemplo, falar para meia dúzia de pessoas numa reunião e ali, diante dessa pequena plateia, apresentar um projeto, vender uma ideia ou se colocar numa discussão.

Falar em público, para um profissional, é quase sempre isso. Simples assim – e complicado assim. Parece banal, mas só parece. Falar em público, ainda que para audiências nanicas, inspira medo, às vezes terror até. Esse medo é um dos males mais comuns no mundo do trabalho. Carreiras podem ir ao chão como folhas se a dificuldade de falar em público não for contornada. Atenção: ninguém está dizendo que você tem que adquirir o desembaraço, e mesmo a cara-de-pau, de um velho senador da República. Trata-se, basicamente, de ser capaz de expor com clareza as ideias numa sala de reuniões. Veja o resultado de uma pesquisa feita pelo jornal inglês Sunday Times com 3000 americanos. A pergunta era: qual o seu pior medo? As respostas:

 

41% disseram que era falar em público
32% têm mais medo de altura
22%, de insetos
22%, de ter problemas financeiros
19%, de doença
19%, da morte

 

Uma outra pesquisa realizada com 10.000 australianos mostra que um terço dos entrevistados diz preferir a morte a falar em público. Você pode não ter chegado a esse ponto, o que é bem razoável, mas tente se lembrar de quantas vezes você quis sumir quando soube que teria que fazer uma apresentação. Ou ficou quieto numa reunião com medo de dar a sua opinião. Ou, ainda, recusou convites que seriam importantes para a sua carreira. Identificar o medo e enfrentá-lo são as melhores formas de impedir que ele atrapalhe o seu desenvolvimento profissional. Como é que um projeto pode ser aprovado se você estiver tremendo nas bases na hora de apresentá-lo? Será que algum cliente deixou de comprar porque você não estava confiante ao expor seu produto?

Saber comunicar-se é essencial para quem quer ir para a frente na profissão. De que adianta ser o melhor em algo se ninguém souber disso? Faz parte do seu marketing pessoal. Pode estar certo de que, cada vez que você evitar aparecer, alguém estará fazendo o movimento contrário. As chances de seu concorrente conquistar mais espaço são inquestionáveis. E você vai ver o seu lugar diminuir e diminuir. É duro. Mas é assim. Quem vai saber quem é você ou o que você pensa?

 

Saber falar em público é pré-requisito para quem pretende ser um líder“, diz Edson Bueno, presidente do grupo Amil. Bueno passou muitos anos fugindo de apresentações e conseguiu vencer o seu medo.

 

Uma enquete realizada por VOCÊ s.a. na Internet, mostra o quanto esse temor atinge os executivos brasileiros. Os números: 64% de 481 leitores que responderam à pesquisa dizem ter medo de falar em público. 66% de 261 assumem que esse é um de seus maiores medos.

“Muita gente não reconhece esse medo e tenta se justificar com outras desculpas”, diz o analista junguiano Luciano Colella, de São Paulo. “É bom começar a prestar atenção nisso. “Duas notícias para você. A má: vencer esse medo é fundamental para você ter chance de sucesso. A boa: é possível dominar esse medo e até fazê-lo trabalhar em seu favor. “Não existe nada realmente especial em falar em público. Não é um dom genético herdado nem está sujeito à inspiração divina”, afirma o americano Jack Valenti em seu livro A Fácil Arte de Falar em Público. “É um ofício que se aprende, exatamente como se aprende o ofício de marceneiro, de esquiador, de saxofonista.” Valenti é um conferencista muito requisitado. Ele foi redator dos discursos do presidente americano Lyndon Johnson e desde 1966 é porta-voz da indústria de distribuição e produção de filmes nos Estados Unidos. Seu livro foi editado pela última vez no Brasil em 1983, pela Editora Record, e já está fora de catálogo.

Parte da matéria públicada na revista VOCÊ S.A.
Por Laura Somoggi

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *